Datacom: R$ 10 milhões em seis meses

A gaúcha Datacom, fabricante de equipamentos de comunicação de dados para operadoras de telecom, contabiliza um faturamento de R$ 10 milhões nos últimos seis meses com as vendas da linha de produtos DM4000, desenvolvida a partir da aprovação de subvenção econômica da Finep no valor de R$ 2 milhões.

A subvenção foi aprovada ainda em 2006. De lá para cá, a Datacom – que entrou com R$ 2,3 milhões de contrapartida na iniciativa – trabalhou no desenvolvimento da nova linha, o que envolveu uma equipe de 50 engenheiros especializados em produtos para o setor de telecomunicações.

Os equipamentos DM4000 são voltados a clientes que utilizam Ethernet para a construção de redes metropolitanas, substituindo as tecnologias SDH e ATM.

“A seleção do projeto DM4000 pela Finep representou uma parceria importante em P&D, sendo essencial para dividir os riscos elevados de mercado, pois a competição é representada por multinacionais como Cisco, Juniper, Alcatel-Lucent, Huawei e Extreme Networks, entre outras”, avalia o gerente de Produto da Datacom, Marcelo Boeira de Barcelos.

Já o diretor executivo da empresa, Antonio Carlos Pôrto, destaca o foco em Ethernet. “Este é um mercado que, segundo a Infonetics Research, apresentou crescimento de 27% em 2007, atingindo cifras globais de US$ 13 bilhões, e continuará crescendo à taxa de dois dígitos até 2011”, pondera.

Porto explica, ainda, que a tecnologia aplicada pela Datacom no projeto tem capacidade de interligar concentradores de acesso ADSL, redes celulares 3G, equipamentos de voz sobre IP, entre outros.

A Datacom encerrou 2008 com faturamento de R$ 240 milhões e mais de 500 colaboradores em suas unidades de Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. A área de pesquisa da empresa possui mais de 200 engenheiros, que atuam nos Labs da capital gaúcha e paranaense, além de uma equipe localizada no Parque Tecnológico da PUC-RS (Tecnopuc).

Especializada em produtos como switches metro Ethernet, multiplexadores SDH e PDH ópticos e elétricos, modens xDSL e GPRS routers para acesso, além de conversores de interface e sistemas para gerência de redes, a companhia também atua no exterior: a Datacom Export opera por meio de distribuidores, que estão presentes na América do Sul, Central e do Norte, África, Europa e Oriente Médio.

No Brasil, alguns dos principais clientes da companhia são Oi, Embratel, Brasil Telecom, Telefônica, Claro, Vivo, GVT, Copel, entre outros.

Fonte: Baguete

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.