Tecnologia em benefício da sociedade

Em um mundo globalizado, cada vez mais a tecnologia faz parte e influencia o dia-a-dia da sociedade. As novas gerações já nascem com um viés tecnológico incorporado, ou seja, estão mais receptivas e têm certa facilidade em aprender as novidades que aparecem neste mercado. Esse movimento é crescente e as empresas devem estar preocupadas em
desenvolver não apenas produtos para gerar negócios, mas também propiciar tecnologias e serviços que contribuam para atender às novas necessidades da sociedade.

Na prática, um bom exemplo são as operadoras de telefonia móvel. Atualmente, só no Brasil existem mais de 140 milhões de aparelhos celulares, de acordo com a Anatel. Com a abrangência da portabilidade numérica, esse segmento ficará ainda mais acirrado. Ganhará mercado a empresa que oferecer os melhores serviços e preços aos clientes, que estão mais exigentes e com mais conhecimento tecnológico.

Também é impossível falarmos dos avanços tecnológicos utilizados pela sociedade sem abordarmos o poder da internet. Além da infinidade de informações que conseguimos na web, podemos destacar uma oportunidade interessante para as empresas de mídia. Dados de mercado apontam que o tempo individual gasto na web equivale ao mesmo período diante da TV. E, ainda, os hábitos dos consumidores de mídia e entretenimento mostram que o público está mais do que nunca no controle e sabe filtrar as mensagens de marketing que recebe.

Esses consumidores estão buscando conteúdo confiável, reconhecimento e identidade com o que vêem, isso pode ser via celular ou pela internet. Nesse sentido, as receitas de publicidade devem seguir as exigências desses consumidores. As agências de publicidade terão de ir além das funções criativas tradicionais e se tornarem mediadoras das  percepções do seu público; as empresas de TV a cabo se transformarão em portais de home media e as difusoras e editoras buscarão novos formatos de mídia, explorando todo o potencial da TV digital. Assim como no mercado de telefonia, quem diversificar e tiver melhores serviços sairá na frente.

A questão ambiental é um outro aspecto importante no qual a tecnologia pode ser uma grande aliada da população. Segundo o Departamento de Energia dos Estados Unidos, cerca de 67% da eletricidade mundial é perdida pela ineficiência dos processos de geração, transmissão e distribuição de energia. Já com a indústria automotiva, só nos Estados
Unidos estima-se um gasto aproximado de US$ 2,9 bilhões de galões de combustíveis que são perdidos em congestionamentos.

Essas estimativas são perceptíveis na maioria das grandes cidades. O uso apropriado da
tecnologia pode ajudar com sistemas de gerenciamento para amenizar esses impactos. Em Estocolmo, na Suécia, por exemplo, um sistema para a gestão inteligente do tráfego resultou na diminuição de 20% do trânsito da cidade, uma redução de 12% na emissão de gases poluentes, e o aumento no uso do transporte público.

E quando o assunto é tendência para 2009, já temos iniciativas sobre o uso da tecnologia que terão impacto diretamente na vida das pessoas. Porém  é preciso mais investimentos em pesquisa e atenção das empresas nas reais necessidades dos consumidores. Já pensou se adotássemos essa gestão inteligente de tráfego em São Paulo.

 

Fonte: B2B Magazine

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.