IBM aposta em colaboração no Lotusphere

A 16ª edição do Lotusphere, o principal evento da IBM, mostra que a companhia está depositando muitas fichas em soluções de comunicação e colaboração. E o caminho parece ser o mais correto, se os parâmetros de comparação tomarem como exemplo a atual necessidade da informação estar o mais rapidamente possível ao alcance de todos. Para tanto, a IBM anunciou parcerias para prover facilidades do Lotus em BlackBerrys, via Skype e Instant Messengers.

Antes que o tempo real fique obsoleto, a IBM anunciou que sua solução colaborativa chamada de LotusLive irá se integrar à rede de relacionamento LinkDin e ao comunicador Skype. Como um “software as service cloud computing”, os componentes integram-se a outros componentes, formando uma rede.

Os serviços, voltados às empresas de todos os portes, pretendem prover o gerenciamento e compartilhamento de arquivos, de forma segura. Desta forma, o usuário loga-se uma vez à ferramenta e o mesmo login permite que ele veja perfis, faça chamadas, videoconferências, mesmo em um grande volume. “Com o LotusLive eu posso, por exemplo, ligar para alguém a partir de um e-mail, usando o Skype e, com um clique, identificar seu perfil no LinkDin”, explica Ricardo Rossi, gerente para o Lotus no Brasil.

À mão

Outra novidade anunciada no Lotusphere 2009 foi a parceria feita entre a big blue e a RIM, fabricante do BlackBerry. Segundo Rossi, por meio de uma nova solução, os usuários de BlackBerry terão um pacote de ferramentas de produtividade, baseadas no OpenOffice. “Além disso, estes usuários poderão estender ao ambiente de seu BlackBerry as aplicações de colaboração desenvolvidas. O Domino será uma espécie de client servidor, com as aplicações do Lotus à mão”, conta Rossi. A novidade deve chegar no segundo semestre deste ano.

Na prática, as funcionalidades foram mostradas no evento. O Sametime, comunicador instantâneo da Lotus, vai rodar no BlackBerry, com funções de web conference. “Tudo isso amplia a condição de mobilidade das empresas”, diz Rossi.

Mais parcerias

Por meio de um acordo de desenvolvimento, a IBM e a SAP criaram o Alloy. A solução partiu do projeto Atlantic, que demandou que executivos e desenvolvedores da IBM se instalassem na sede da SAP, na Alemanha. As companhias perceberam que muitas empresas em todo o mundo usavam tanto sistemas da IBM quanto da SAP.

O Alloy deve facilitar a emissão de relatórios, controles de perfis, workflows, entre outros, a partir do Lotus Notes. Ele será um plug in do pacote. Como a SAP provê interfaces para que outras aplicações sejam desenvolvidas em seus sistemas, a IBM fez um trabalho conjunto que envolveu todo o mapeamento de projetos, baseado na experiência com o próprio conhecimento de sistemas da SAP. “O ambiente é totalmente colaborativo, pois reúne empresas, parceiros e seus clientes do pacote SAP Business Suite com o Lotus Notes, a apenas um acesso”, afirma Rossi.
 

Fonte: B2B Magazine

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.