Grande no exterior, TalkAndWrite quer Brasil

A catarinense TalkAndWrite está em busca de parceiros comerciais para ampliar os negócios.

A ferramenta desenvolvida pela companhia, um plugin que  permite a troca de documentos em uma conversa pelo Skype, já registra cerca de dois milhões de downloads em todo o mundo, mas agora a idéia da companhia é crescer no Brasil, já que hoje os principais usuários da solução ficam nos setores de educação e corporativo dos Estados Unidos, Japão e Coréia do Sul.

“Mais de 90% dos nossos clientes estão no exterior. Agora, queremos que os brasileiros conheçam a nossa solução, que é nacional e já conquistou os gigantes asiáticos”, explica Bruna Rezende, sócia da TalkAndWrite. A ferramenta, explica a executiva, possibilita a troca de informações em um documento em que é possível escrever, desenhar, grifar e rabiscar ao mesmo tempo em que se conversa pelo Skype.

Para os novos parceiros, a empresa oferece comissões entre 20% e 30% do valor das vendas realizadas no Brasil. “Nossa meta é crescer 90% no mercado interno”, revela Bruna. Os interessados devem contatar a companhia de Florianópolis pelo e-mail contact@talkandwrite.com.

O aplicativo catarinense faz parte do grupo de 12 plugins certificados pelo Skype, em um universo de mais de 253 aplicativos avaliados pela empresa. O TalkAndWrite, segundo sua fabricante, é o único brasileiro desta lista.

A solução pode ser baixada em 27 idiomas e a licença para o uso permite a comunicação interativa com até dez pessoas. “Nossa proposta está na simplicidade e efetividade do aplicativo. Por isso a ferramenta foi projetada para um fácil funcionamento, sendo similar a programas já conhecidos, como o Paint”, destaca Bruna.

Fonte: Baguete

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.