Em Esteio, rede social também educa

Alunos das escolas municipais de Esteio-RS podem se encontrar virtualmente com os colegas durante as férias. A novidade é garantida pela Espiral Educadora, ambiente online de aprendizagem desenvolvido pela editora curitibana Aymará.

A ferramenta promove a interação e a troca entre os usuários, incentivando a produção de conhecimento, garante a editora. Para isso, conta com espaço para perfil pessoal, Diário de Bordo do aluno, com gostos pessoais, preferências e sonhos pessoais e profissionais, além de biblioteca digital e uma ferramenta para criação de blog.

Para aprender a utilizar a solução, as crianças receberam, ao longo de 2008, aulas sobre o ambiente virtual nos laboratórios de informática das escolas.

“Aprendemos a utilizar o programa de forma correta e consciente. Agora, nas férias, o usamos para não perder o contato com os colegas”, conta Leonardo dos Santos Carneiro, 8 anos, aluno da Escola Municipal Oswaldo Aranha. “Com a Espiral Educadora, eu e meus colegas nos falamos quase todo dia. Geralmente pergunto como eles estão, conversamos sobre jogos, desenhos, essas coisas”, completa o garoto, que acaba de passar para o 4º ano do Ensino Fundamental.

Além disso, Carneiro também já adicionou à Espiral os links de seus sites favoritos: páginas referentes a jogos, animais em extinção e blogs. “Gosto muito do blog do Inter e de um site sobre cobra”, revela o pequeno internauta.

Também há links indicados pelos professores nas aulas de informática realizadas ao longo de 2008.

“Com a Espiral é possível tratar de temas transversais ao que se está trabalhando em sala de aula. Eu vejo a euforia dos alunos com o ambiente virtual, é um trabalho de complemento muito útil”, comenta Marisa Therezinha Rost, uma das professoras envolvidas no projeto.

A Espiral Educadora faz parte do Programa Cidade Educadora, da Editora Aymará. A idéia da solução é não só permitir a interação entre os alunos, mas também chamar sua atenção para a Internet e a informática, propiciando a inclusão digital de crianças do ensino público.  

“O projeto possibilita ao professor aprofundar conteúdos de forma lúdica e agradável, com a participação dos alunos. É uma forma de incentivar a leitura, escrita, pesquisa e navegação pela internet com bom senso e de forma crítica”, avalia Áureo Gomes Monteiro Júnior, diretor geral da Aymará.

Por enquanto, a Espiral Educadora só pode ser acessada pelos alunos das escolas cadastradas no Cidade Educadora. Porém, os interessados na solução podem consultar como ter acesso a ela pelos sites abaixo.

Fonte: Baguete

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.