Receita da GVT cresce 36% no trimestre

A GVT, operadora de telecomunicações, banda larga e Internet que atua sob as marcas GVT, POP e Vono, fechou o segundo trimestre de 2008 com receita líquida de R$ 317 milhões, 35,5% maior que no mesmo período do ano passado.

No período, a empresa registrou elevação de 35% no lucro líquido, que atingiu R$ 58 milhões. Já o Ebitda (resultado antes de juros, Imposto de Renda, depreciação e amortização) cresceu 44%, totalizando R$ 118,8 milhões.

A margem de lucro da operadora no trimestre alcançou 37,5%, 2,2 pontos percentuais a mais do que em junho de 2007.

No segundo trimestre do ano, a GVT adicionou 165.847 novas linhas à sua base de clientes, que alcançou 1,54 milhão de assinantes. O volume é 156% maior que o contabilizado no mesmo período do ano anterior.

Entre os campeões de desempenho na GVT está a banda larga, que cresceu 149% em adições líquidas no trimestre, chegando a 351.550 acessos no final de junho – o que significa que 62 a cada 100 clientes da empresa no segmento varejo/pequenas e médias companhias utilizam Internet de alta velocidade, sendo que a maioria, 72%, adota megavelocidades de 1 Mbps ou acima.

A adesão aos pacotes que reúnem telefonia, banda larga e serviços adicionais, além de descontos sobre minutos nas ligações de longa distância e para celular, ocorre em 60% dos clientes da unidade de Negócios Varejo. No segmento corporativo, a maior alta na receita foi em transmissão e transporte de dados para empresas e outras operadoras, além de VoIP, que evoluiu 136% em relação a igual período do ano passado.

No trimestre, a GVT lançou seu primeiro serviço de banda larga dinâmica, que permite velocidade rápida de 1Mbps durante os dias da semana (8h às 20h) e 3 Mbps durante a noite, nos fins de semana e feriados nacionais.

Conhecido por Turbonet Mega Flex, o produto é desenvolvido sobre a recém-implantada plataforma multifornecedores de ADSL, que rendeu à empresa o prêmio Cisco Networkers Innovation Awards 2008 pelo melhor projeto de banda larga. A mesma estrutura possibilita novos lançamentos em vídeos, games, portais, controle de conteúdo e de velocidade por tipo de aplicação, além de IP Contact Center.

Fonte: Baguete

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.