Ministro anuncia conversor popular de TV Digital para julho

Família assiste transmissão inaugural da TV Digital no Rio de Janeiro / Foto: Marco Antônio Teixeira - O Globo (16.06.2008)

BRASÍLIA – Um conversor popular para TV digital, que custará R$ 230, chegará ao mercado nas próximas semanas, garantiu o ministro das Comunicações, Hélio Costa, ao participar de entrevista a emissoras de rádio no estúdio da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), em Brasília. O aparelho conversor é usado para que a TV que funciona no sistema convencional, chamado analógico, receba o sinal digitalizado.

O ministro lembrou que os preços já chegaram ao patamar de R$ 1.080, mas caíram “vertiginosamente” nos últimos seis meses. A expectativa do governo é que, até dezembro deste ano, o conversor popular não ultrapasse os R$ 200. Hoje, o produto pode ser encontrado por cerca de R$ 500.

– Quando a TV digital chegou, parece que pegou de surpresa a indústria. Os preços dos conversores chegaram muito altos e agora estão se ajustando. Por isso temos uma venda pequena. Eu mesmo aconselhei a não comprar o conversor de R$1.080. É um absurdo, uma falta de consideração com o consumidor – criticou o ministro.

Segundo Costa, o conversor popular já está sendo fabricado por uma empresa do pólo industrial de Manaus e tem condições de receber o sinal da TV digital em alta definição. De acordo com o ministro, um outro conversor, no valor de R$ 199, também está sendo produzido pela mesma empresa, mas sem capacidade de recepção de alta definição.

– Há ainda uma disposição do governo em facilitar a compra do conversor por meio de financiamentos pela Caixa Econômica Federal e por bancos particulares. Todos têm interesse. Nós entendemos que, com R$ 7 por mês, você pode comprar o seu conversor [por meio de financiamento] – disse Costa.

Entrega de transmissor para TV digital demora até oito meses

Ainda segundo o ministro, as encomendas de transmissores para a TV digital estão demorando cerca de seis meses para ser entregues pelas fábricas nacionais e mais tempo ainda pelas indústrias internacionais, oito meses.

– Parece que a indústria não acreditou – afirma ele – As emissoras estavam preparadas, mas a indústria não.

Costa disse que até o fim deste ano a TV digital, que já está implantada em São Paulo, Belo Horizonte e Rio, também deverá começar a funcionar em Salvador e Fortaleza. Ele acredita ainda que ela poderá ser antecipada em Recife, embora pelo calendário oficial esteja prevista somente para dezembro de 2009.

– Se alguma capital quiser antecipar o cronograma basta pedir ao Ministério das Comunicações e a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) – disse.

Fonte: O Globo Online

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.