Novo Firefox 3, da Mozilla, chega à internet prometendo mais …

O Globo

Divulgação / Primeiros testes de uso do Firefox 3, navegando no GoogleRIO – A Fundação Mozilla começou a oferecer, nesta terça-feira, a versão final (RC2) do navegador de internet Firefox 3. Após diversas versões-teste (beta), o browser baseado em plataforma de código aberto chega ao mercado com a promessa de oferecer navegação em sites com sete vezes mais velocidade do que seu principal rival e líder de mercado, Internet Explorer, da Microsoft. (Leia também: blogueiros do Globo Online testaram versões dos navegadores IE 8, Firefox 3 e Opera)

O novo Firefox 3 levou 34 meses para ser aprimorado e é capaz de carregar uma página de webmail em 60 milisegundos, contra 143 milisegundos registrados no Internet Explorer, defendeu a companhia. O novo navegador chega à internet com versões para 45 idiomas – incluindo português (um para Brasil e outro para Portugal).

Como já era de se esperar, os servidores da Mozilla (www.mozilla.com/firefox) apresentaram lentidão desde o início da tarde desta terça-feira. Os internautas que tentaram acessar o site para baixar o programa eventualmente se depararam com mensagens como “Http/1.1 Service Unavailable” em decorrência da alta demanda por downloads. No fim de maio, a companhia lançou uma campanha mundial em que convocava usuários para registrar o recorde de downloads em 24 horas, e entrar para o livro dos recordes – Guiness Book. A meta da Fundação Mozilla é bater os cinco milhões de downloads.

ReproduçãoAlém disso, a empresa pretende incomodar a concorrência em outra frente: lançará ainda em 2008 um navegador móvel para celulares, desafiando a Microsoft e outras empresas já estabelecidas nesse mercado.

Analistas do mercado consideram que, para a Microsoft, pode até ser benéfico o crescimento da participação de mercado do Firefox ou de outro browser qualquer. O motivo é que, se assim ocorrer, o novo competidor supostamente atrairia um pouco da atenção dos hackers autores de vírus e trojans que, no momento, têm o Internet Explorer como vetor preferido para seus contágios, atacando continuamente seus usuários. Com relação ao futuro, a expectativa é que as futuras batalhas sangrentas no mercado se darão no campo dos browsers móveis para celulares. As informações são do site NetworkWorld.

O Firefox, software livre de código-fonte aberto, gratuito e produzido por uma comunidade aberta de programadores, vem ganhando popularidade desde que foi lançado, em 2004, como uma alternativa ao líder de mercado, Internet Explorer. O navegador é, desde então, considerado “universal” por ser capaz de rodar em qualquer sistema operacional, como Windows, Macintosh ou plataformas Linux.

Fonte: O Globo Online

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.