Globo estréia a TV digital no Rio

RIO – Com a exibição da novela “A favorita” e, em seguida, do filme “A lenda do tesouro perdido”, da “Tela Quente”, a TV Globo deu início, segunda-feira, às transmissões digitais no Rio de Janeiro em alta definição. A emissora preparou uma festa para o lançamento das transmissões digitais, no Jockey Club. No evento, o ministro das Comunicações, Hélio Costa, destacou que o novo padrão mudará a forma de o brasileiro assistir à TV. Segundo ele, com a nova tecnologia, a tv passa a ter mobilidade e portabilidade, segundo reportagem do jornal O GLOBO.

Hoje, a tecnologia digital de TV aberta já está disponível no Rio, em São Paulo e em Belo Horizonte. No Rio de Janeiro, até então, apenas a Rede TV! fazia transmissões digitais. Segundo estimativas da Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e TV (Abert), até o fim do ano, todas as dez emissoras de televisão do Rio terão sinal digital em transmissão aberta.

Com o início das transmissões da TV Globo, o governo do Estado do Rio estuda aproveitar a nova tecnologia num sistema para gerar informações de utilidade pública, informou ontem o o vice-governador, Luiz Fernando Pezão.

João Roberto Marinho, vice-presidente das Organizações Globo, destacou que a tecnologia digital permitirá levar um sinal com padrão melhor para muitas pessoas que, hoje, não têm acesso à essa qualidade porque não têm condição de pagar uma TV por assinatura.

O engenheiro Paulo Larini, sua mulher Lígia e a filha Patricia  assistem à transmissão da novela 'A Favorita', em alta definição. Foto: Marco Antônio Teixeira -O Globo ‘A Favorita’ em família

Um equipe do GLOBO esteve na casa do engenheiro Paulo de Tarso Larini, morador da Tijuca, para acompanhar a primeira transmissão em tecnologia digital no Rio. O engenheiro, que garante que não é noveleiro, abriu uma exceção para assistir, com a mulher, Lígia, e a filha, Patrícia, à novela “A favorita”, da TV Globo. Ele comprou um televisor de tela de LCD e um conversor digital há cerca de um mês.

– A qualidade (da TV digital) é muito melhor. Depois de ver a imagem em alta definição, dá vontade de chutar a tela da TV comum – brinca Larini, morador da Tijuca, que afirma que, quando se começa a se acostumar com a qualidade da TV digital e muda de canal, a TV comum parece que está embaçada.

O engenheiro já assiste a jogos de futebol em HD pela Rede TV!, que faz transmissões digitais no Rio. Larini aguardou até que a tecnologia ficasse mais acessível para comprar seu aparelho:

Leia a reportagem completa no Globo Digital (somente para assinantes)

Fonte: O Globo Online

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.