BB começa migrar OS/2 para OpenSuse Linux

Em agosto, o Banco do Brasil começa a substituir a estrutura de sistema operacional de suas unidades de auto-atendimento (ATMs). A partir de Brasília, a instituição vai trocar o OS/2, da IBM, pela versão aberta do OpenSuse, com desenvolvimento interno.

A partir de janeiro de 2009, a migração será oficial e atingirá aproximadamente 40 mil ATMs em todo o país. “A migração é mais um passo do banco para aderir à política de software livre. Já fizemos essa troca em outras áreas”, destaca a superintendente de TI do BB, Glória Guimarães, em entrevista exclusiva ao Convergência Digital.

O Banco utilizava o OS/2 há 13 anos. A troca agora, além de atender à política de software livre da instituição, também remonta à descontinuidade de investimentos da IBM na área de sistema operacional – há alguns anos a Big Blue desistiu de competir com a Microsoft nesta área, destaca o Convergência, optando por apenas incluir soluções do gênero em pacotes voltados ao mercado corporativo de grande porte.

O projeto de migração para Linux nos ATMs do BB começou em 2001. De lá para cá, foi feito todo o planejamento e desenvolvimento interno da customização do software. Agora, com a substituição em andamento, o banco espera obter uma economia de mais de R$ 50 milhões.

Fonte: Baguete

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.