Internet, MMS e 3G: fabricantes e operadoras de celulares …

Foto: Reprodução / Celulares com cada vez mais recursos e usuários com menos tempo: especialistas esclareceram dúvidas mais comuns sobre serviços e recursosRIO – Celulares novos chegam às prateleiras praticamente a cada semana, e falta tempo aos usuários para acompanhar este ritmo e explorar adequadamente os aparelhos, bem como os recursos oferecidos, como MMS, SMS e roaming internacional, acesso à internet, download de vídeos, Bluetooth e geração 3G. Para ajudar os leitores a não se perder neste mar de informações e entrar em 2008 em grande estilo, o GLOBO ONLINE reuniu especialistas de oito empresas, entre fabricantes e operadoras de telefonia móvel, em uma edição especial do Tire Suas Dúvidas (clique e confira todas as respostas publicadas), canal de interatividade em que foram respondidas perguntas sobre serviços e recursos disponíveis no mercado brasileiro para celulares. Participam gerentes, especialistas e executivos de empresas como TIM, Brasil Telecom, Claro, Oi, Vivo, Motorola, Sony Ericsson e Nokia.

Muitos foram os temas que despertaram a curiosidade dos leitores nas mais de 500 perguntas enviadas ao Tire Suas Dúvidas – Celulares (clique e confira todas as respostas publicadas). Como o fórum foi aberto em dezembro, ao longo do leilão de licenças 3G pela Anatel, as dúvidas sobre o potencial da nova geração de celulares estiveram em evidência. A convivência destes novos aparelhos com os atuais (2G e 2,5G) e a possibilidade de obter taxas de transmissão de dados superiores às atuais – o que favorece a velocidade de navegação e downloads de arquivos, além de criar serviços como vídeochamada, vídeomail e TV no celular – foram aspectos apontados pelos especialistas.

Confira abaixo a seleção de algumas das dúvidas mais freqüentes ou clique aqui e confira todas as respostas publicadas, na íntegra:

Acesso à internet e conexões sem fio

Qual a real velocidade de conexão à internet e quanto custa navegar pelo celular? Assim como ocorre com a internet em banda larga, os especialistas afirmam que existem muitas variáveis que podem determinar se o acesso à web a partir dos telefones móveis será mais ou menos veloz, começando pelas tecnologias de cobertura empregadas (GPRS, EDGE, 1xRTT e EVDO, dentre outras). Diversos aparelhos possibilitam o uso do celular como um modem para se conectar à internet , mas é preciso obter informações sobre preços junto a cada operadora.

– É possível configurar seu computador ou notebook para que ele faça uma discagem “dial-up” usando seu celular como modem, conectando os dois dispositivos por meio de cabo, infravermelho ou Bluetooth. Neste caso, um número de discagem (*99#), APN, usuário e senha (cada operadora possui uma configuração própria) precisam ser configurados no computador/notebook. Alguns fabricantes de celular já disponibilizam softwares para gerenciar essa conexão em aparelhos como o Motorola Phone Tools e o Nokia PC Suíte – explicou Rafael Magdalena, da Brasil Telecom.

A tecnologia Bluetooth (que permite a comunicação sem fio entre dispositivos eletrônicos a pequenas distâncias uns dos outros), foi citada diversas vezes como uma alternativa para usuários que desejam transferir fotos do celular para o computador, e teve sua eficácia comparada à transmissão de dados via infravermelho. Renato Citrini, gerente de Produtos de Mobile Devices da Motorola, lembrou que além de permitir o envio de arquivos – como sons, imagens e vídeos – para outros dispositivos, o padrão bluetooth permite o uso de acessórios como fones de ouvido sem fio para fazer ligações e ouvir músicas.

É possível configurar seu computador ou notebook para que ele faça uma discagem dial-up usando seu celular como modem (Rafael Magdalena, da Brasil Telecom)


– Os equipamentos Bluetooth são padronizados e podem ser feitas conexões entre dispositivos de diferentes marcas, sem problemas – ressaltou Citrini.

Questões básicas ainda complicam a vida do usuário

Alguns leitores ainda questionam como encontrar manuais em português para seus aparelhos, como baixar jogos, toques musicais (ringtones) e músicas inteiras no celular, ou ainda quanto custam os serviços interurbanos de SMS e as ligações feitas no exterior, através de roaming. Outra dúvida levantada foi a diferença entre os SMS (mensagens de texto curtas ou Short Message Service, que permitem o envio de textos até 255 caracteres em GSM e 160, em CDMA) e os MMS (mensagens multimídia, acima do limite de 160 caracteres do SMS e enriquecidas com recursos audiovisuais como imagens, sons e gráficos).

Também foi amplamente discutida a questão do bloqueio de chips de celulares pelas operadoras, desta vez com novo enfoque: de acordo com o novo regulamento do Serviço Móvel Pessoal (SMP) da Anatel, em vigor a partir de fevereiro, o desbloqueio de aparelhos pelas operadoras será obrigatório e gratuito. A Oi, que já comercializa aparelhos não bloqueados, reafirmou sua política comercial.

TV móvel, localização e banda larga são metas dos clientes mais avançados

Quem estava ansioso para acessar a programação da recém-lançada TV digital brasileira no celular soube que vai ter que esperar. O sinal digital com imagens de alta definição ainda não pode ser captado pelos celulares à venda no Brasil e a saída, por hora, é se divertir com os conteúdos da TV móvel disponibilizados por algumas operadoras – há pequenos programas (como novelas) produzidos especialmente para plataforma móvel, além de alguns programas de canais tradicionais da TV aberta e por assinatura.

A tarifação sobre o uso de serviços de GPS em aparelhos de ponta gerou perguntas, assim como o funcionamento de localizadores de aparelhos celulares dentro de uma mesma rede.

O serviço de GPS em si não é cobrado por nenhuma operadora (…) mas aplicações de localização podem baixar alguns dados de mapas (…) e gerar custo para o usuário (desenvolvedores do Fórum Nokia)


– O serviço de GPS em si não é cobrado por nenhuma operadora, já que não utiliza a conexão de dados. As aplicações de localização, por sua vez, podem baixar alguns dados de mapas, o que pode incorrer em transferência de dados, e portanto, gerar custo para o usuário. A aplicação Nokia Maps permite que você instale os dados de mapas em seu aparelho, evitando assim o uso de dados da rede e a geração de custos – disseram os desenvolvedores do Fórum Nokia.

A Vivo listou diversos aplicativos relacionados à localização que combinam informações de satélite com dados da rede da companhia, como o localizador de amigos e familiares e o Vivo Co-piloto, para navegação veicular com GPS.

A relação entre o consumo de bateria dos aparelhos, a intensidade do sinal da rede (se ele for fraco, o consumo de bateria é maior) e o processamento de jogos 3D e aplicativos em Java, considerados pesados, também foi abordada pelos especialistas no Tire Suas Dúvidas sobre Celulares. Outras questões também foram levantadas sobre a possibilidade de usar placas ou modems externos (via USB) com chips para permitir a conexão de celulares de terceira geração a uma rede de acesso à internet em banda larga.

Fonte: O Globo Online

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.