Ameaças internas são mais perigosas

Cerca de 80% dos diretores de Tecnologia da Informação acreditam que as ameaças internas (definidas como vazamento não intencional de dados ou roubo deliberado dos mesmos) são as principais do setor. A conclusão é do estudo divulgado nesta sexta-feira (06/06) pela Secure Computing, provedora de segurança de gateway corporativo.

A mostra avaliou 103 diretores da área, onde menos de um em cinco participantes (17%) apontam as ameaças externas enviadas por hackers como as mais perigosas. De acordo com o estudo, a preocupação em relação às ameaças internas e o reconhecimento generalizado do despreparo diante de ataques emergentes baseados em web é crescente.

Dos participantes, 37% vivenciaram o vazamento de informação sensível no ano passado. A segurança interna, também está no topo da lista dos futuros investimentos em segurança pelos avaliados.Neste contexto, a maioria dos entrevistados (34%) julgam o e-mail o maior risco para a segurança das organizações. Voz sobre IP vem em segundo (25%) e é julgada maior ameaça, seguida por navegação na Web (ameaças relativas ao navegador), com 21%.

Apesar da aparente confiança, quatro entre cinco entrevistados (79%) acreditam que poderiam estar mais bem preparados para ameaças propagadas pela web.

Fonte: B2B Magazine

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.