Smartphones: Linux pode passar Windows nos celulares inteligentes …

Arquivo Reuters / Tela de um dos celulares com Android - sistema operacional móvel de código aberto do Google, aperfeiçoado em parceria com fabricantes e desenvolvedoresRIO – O Linux, principal símbolo da luta dos sistemas operacionais de código aberto e rivais da Microsoft, pode superar o Windows Móbile, da gigante dos softwares, nas telas dos telefones celulares ditos inteligentes, os smartphones. Foi o que apontou uma pesquisa realizada pela ABI Research e divulgada nesta quinta-feira.

Segundo o britânico The Register, a consultoria acredita que os criadores de sistemas para celulares terão mais espaço em plataformas que permitem alterações e proposições feitas pelos próprios desenvolvedores e até usuários, o que fará com que o Linux conquiste pelo menos 23% dos smartphones vendidos em todo o mundo até 2013 – graças a celulares como os protótipos com sistema Android, do Google. (Clique e veja imagens de protótipos de smartphones com Android)

Para a ABI Research, no entanto, o sistema operacional Symbian, que já é líder nesta área, permaneceria à frente do mercado, deixando a plataforma Windows Mobile em terceiro lugar entre os portáteis. Para a consultoria, dentro de quatro anos teremos 127 milhões de smartphones baseados em Linux, contra os 8,7 milhões registrados em 2007. De acordo com o The Register, os sistemas baseados em Linux, como o LiMo e o Android, apoiado pelo Google, serão os principais responsáveis por este domínio.

Alguns dos smartphones recém-lançados e que pertencem à linha dos mais avançados, como o Touch Pro, da fabricante asiática HTC, já possuem o novo Windows Mobile, enquanto muitos dos terminais com sistemas baseados em Linux ainda estão na área de protótipos.

Em fevereiro deste ano a LG e a Samsung lançaram plataforma baseada em Linux para celulares inteligentes. Os primeiros telefones celulares com o tão esperado sistema operacional Android, do Google, devem chegar ao mercado até o início de 2009. Entre os recursos que o celular e aparelhos portáteis com sistema operacional do Google deve oferecer estão Google Maps, GMail, navegador de internet para acessos via Wi-Fi e redes sem fio locais (WLAN) e Bluetooth. Entre as marcas que anunciaram parceria com a Open Handset Alliance (OHA – www.openhandsetalliance.com), aliança que comanda o projeto Android, estão a China Mobile, a NTT DoCoMo e a Telefónica.

Fonte: O Globo Online

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.