Custo não é problema para a internet gratuita

Possibilidades reais de inclusão digital e a repercussão das iniciativas nas áreas social, educacional e cultural foram alguns dos aspectos debatidos em encontro promovido pelo Conselho Superior de Tecnologia da Informação da Fecomercio. Situada no noroeste paulista, a pouco mais de 600 quilômetros da capital e com apenas 7.500 habitantes, Sud Mennucci é exemplo de política pública de inclusão digital, pois oferece aos moradores acesso gratuito à internet de banda larga utilizando a tecnologia wirelless.

Celso Junqueira, atual prefeito do município apresentou como foi o desenvolvimento e a aplicação desse programa, que teve início em 2002, quando era vice-prefeito. Junqueira destacou que há um fundo do governo federal para investimentos nessa área, mas que a maioria dos municípios não o utiliza. “É possível disponibilizar internet gratuita a toda a população e o custo não é o problema. Em nossa cidade, cada ponto de acesso custa menos de R$ 5,00 para a prefeitura”, declara o prefeito.

Para o presidente do Conselho Superior de Direito da Fecomercio, o advogado Renato Opice Blum, é fundamental que ao disponibilizar o acesso gratuito que se assegure a autenticação dos usuários para que sejam identificados possíveis atos ilícitos, bem como para fornecer a toda a rede uma melhor segurança da informação.

Fonte: B2B Magazine

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.