Operadoras brasileiras realizam traffic shapping

Um ranking divulgado pela Vuze Inc. comprova o que os usuários de redes P2P já sabem: as operadoras brasileiras também praticam o traffic shapping, processo que diminui as velocidades contratadas quando há uso de torrents, serviços de Voz sobre IP e aplicações que consomem mais banda, em geral.

Segundo informações da PCWorld, Brasil Telecom, Oi, NET e Telefônica estão listadas no ranking que denuncia 108 provedores que realizam o processo.

O estudo foi feito através de um plugin criado pela companhia californiana, que identificou a velocidade de acesso durante uso de redes de P2P, entre 1º de janeiro e 13 de abril, de 8 mil usuários de banda larga ao redor do mundo, contabilizando 1 milhão de horas de dados trafegados.

A norte-americana Comcast lidera o ranking. A Brasil Telecom aparece em nono lugar, a Telefônica em 53º, Oi em 58º e NET, em 66º lugar.

Fonte: Baguete

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.