Provedores de Internet colaboram para inclusão

A Abranet (Associação Brasileira de Provedores de Acesso, Serviços e Informações da Rede Internet), a Abrappit (Associação Brasileira de Pequenos Provedores de Internet e Telecomunicações), a Abramulti (Associação de Autorizados SCM e Provedores de Internet) e a Associação Rede Global Info e Internet Sul (Associação Riograndense dos Provedores de Acesso e Informações a Rede Internet) apresentaram ao Governo Federal, no dia 22 de janeiro, proposta para auxiliar na inclusão digital das escolas públicas.

As contribuições serão baseadas nos três pilares que os provedores acreditam serem fundamentais para a efetiva inclusão digital. O primeiro é o acesso à tecnologia digital, banda larga para as escolas. O segundo é a capacidade de operar a tecnologia digital do ponto de vista técnico, oferecendo suporte, manutenção, contas de email e firewall, entre outros serviços. O terceiro é a aplicação da tecnologia nos afazeres diários, desenvolvendo Websites e aplicativos, que possam facilitar as atividades de alunos e professores.

O foco dessas ações, segundo as associações, é ajudar o Governo Federal a incluir a Web no cotidiano das escolas públicas e o conhecimento dos provedores auxiliará na construção da infra-estrutura e na capacitação de pessoas, conectando estudantes e docentes.

Com a formação de consórcios, de acordo com a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, os micros e pequenos provedores de Internet pretendem facilitar a interlocução com o Governo. Atualmente são mais de 1.700 provedores de Internet, presentes em mais de quatro mil municípios, que atuam como orientadores dos usuários e podem contribuir para o sucesso do projeto.

Para que os provedores continuem a viabilizar a inclusão digital por meio de suas redes, a produção de conteúdos locais e a colaborar com projetos em todo o País é necessária a manutenção da regulamentação do setor. “Só assim conseguiremos evitar a monopolização pelas concessionárias e garantir os direitos dos consumidores”, reforça Eduardo Fumes Parajo, presidente da Abranet.

 

 

Fonte: B2B Magazine

Publicado por Marcus Vinícius

Consultor e Desenvolvedor WEB/VOIP, atua em projetos pela Innovus desde 2003, focado no desenvolvimento de soluções de telefonia IP utilizando o software Asterisk. Contribuidor ativo dos portais VoIPCenter, AsteriskOnline e AsteriskBrasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.